Em 21/11/2019 às 14h03

De olho em um 2020 melhor, Caio Cezar passa atual temporada a limpo

Volante acredita que temporada tenha sido positiva, mas abaixo do esperado


Autor: Jhonathan Jeferson / Fotos: Divulgação Nova Iguaçu

O volante Caio Cezar atuou em 23 partidas nesta temporada, anotando dois gols por três equipes diferentes. Por experiência, foi positivo, mesmo que os objetivos coletivos não tenha sido atingido. O jogador de 29 anos defendeu Nova Iguaçu, Juazeirense (BA) e Itaboraí.

Caio acredita que a temporada 2019 tenha sido de aprendizado, mas longe de ter atingido tudo o que planejou para este ano. Vontades realizadas, como atuar no Nordeste, mas a tristeza por não ter conseguido salvar o Itaboraí da queda na Série B1 do Campeonato Carioca, foram os contrastes deste ano.

- Foi um ano de muito aprendizado. Longe do que eu esperava, pois vinha de dois anos muito bons no Nova Iguaçu. Em 2017 ganhamos tudo e tive destaque no time, 2018 apesar de não termos alcançado nossos objetivos coletivos fui muito bem individualmente. Criei expectativas para esse ano e me preparei para isso, porém algumas circunstâncias me impediram de manter a boa sequência do Nova. Na Juazeirense (BA) foi uma experiência nova, sempre tive o desejo de jogar no nordeste, mas apesar das possibilidades nunca tinha ido, resolvi arriscar agora. Como experiência foi muito bom, batemos na trave em busca do acesso à Série C do Campeonato Brasileiro, saindo pro campeão Brusque.

Contratado como salvador da pátria no Itaboraí, Caio Cezar lamentou o fato de não ter conseguido ajudar a equipe a fugir do descenso, mas o camisa 8 acredita que deu o seu melhor e esse reconhecimento da torcida é o suficiente.

- Itaboraí eu sabia do risco. Fui porque tinha um ótimo histórico lá, morar na cidade, com a torcida e resolvi voltar no pior momento da história do clube. Não gostaria de ver o clube que tanto gosto sucumbir dessa maneira, tentei dar minha cota de contribuição e conseguimos fazer um segundo turno digno, porém insuficiente para evitar a queda. Saí com cabeça erguida e consciência tranquila de ter dado meu melhor, e acredito que a torcida reconhece isso.

Ainda sem uma casa nova para 2020 e vislumbrando uma temporada melhor, Caio Cezar quer aproveitar o aprendizado de 2019 para voltar a sonhar com coisas maiores no próximo ano.

- 2020 espero dar a volta por cima. Sei que 2019 foi difícil e nas dificuldades enxergamos muitas coisas, mas no futebol tudo muda muito rápido. Então quero usar os aprendizados que tive esse ano pra aproveitar as oportunidades que vierem, pra poder estar onde sempre estive, brigando por conquistas onde quer que seja.

Tags: Nova Iguaçu, Itaboraí, Caio Cezar

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por