Em 19/08/2019 às 20h00

Revés desagrada, mas não atrapalha Cesso neste momento, diz Luciano

Treinador lembra liderança com folga e busca focar na final da Copa Rio


Autor: Redação FutRio / Foto: João Carlos Gomes (La Marca)

No último sábado (17), o Bonsucesso sofreu sua primeira derrota na Taça Corcovado, onde pelo terceiro jogo seguido, Luciano Quadros escalou um time reserva, já que divide as atenções com a Copa Rio, onde o Rubro-Anil vai decidir o título, e tem uma boa vantagem na classificação geral da Série B1, onde é líder disparado. Apesar de não ter gostado da derrota, o comandante do Cesso admitiu que talvez fosse o momento de sofrer o revés, mas alertou que isso não pode se repetir nos próximos jogos.

- Não digo que foi tudo dentro do planejado, pois procuramos vencer independente de quem jogue. Mas tudo tem seu momento, seu tempo. E talvez o tempo de perder foi para o Artsul, por tudo que se acumulou, o jogo contra o Boavista foi muito tenso, muito intenso. Por isso mudamos muito a equipe, mas isso não é desculpa. Temos um grupo muito homogêneo, onde todos trabalham igual e confio em todos. Nunca é hora de perder, mas talvez tenha sido agora e temos que entender isso. Dentro da classificação geral temos uma boa gordura e não podemos desperdiçar mais. Temos que nos reorganizar, pois é nosso objetivo principal - ressaltou o treinador.

image

Pensando na final da Copa Rio, Luciano Quadros jogou o favoritismo para o lado da Portuguesa, principalmente pelo elenco da Lusa já se conhecer há algum tempo e porque segundo o comandante do Rubro-Anil da Leopoldina, sua equipe ainda está em formação.

- Não chegamos como favorito. Eliminamos o Boavista que era o favoritíssimo, uma equipe com muita técnica coletiva e individual. Fizemos dois grandes jogos e fomos felizes. Mas agora enfrentaremos um time de Série A que joga junto há algum tempo. Continuamos sendo uma equipe em construção, ainda temos muitas coisas para se ajustar. Na minha opinião, a Portuguesa, pelos jogadores jogarem juntos há algum tempo, por ser um time de primeira divisão e ter jogado uma competição nacional, é a favorita. Espero um grande jogo. O objetivo principal foi alcançado, que era colocar o Bonsucesso dentro de uma competição nacional em 2020, mas vamos atrás do título que é algo que marca - destacou.

Equipe mais solta na final

Na semifinal da Copa Rio, Luciano Quadros abriu mão do esquema ofensivo que costuma usar e armou a equipe com três volantes. Ele disse que vai estudar a maneira que a Portuguesa atua para pensar numa estratégia de jogo, mas não escondeu que deve ir a campo com uma equipe mais solta.

- Nosso pensamento é fazer um jogo solto e equilibrado. Minha ideia de jogo é sempre jogar bem, mas cada jogo pede uma estratégia. Vamos analisar o que a Portuguesa tem de virtudes, a maneira como eles jogam para montar nossa estratégia de jogo. Mas independente da formação, seremos uma equipe coesa e queremos fazer um grande jogo - explicou.

Na quarta-feira (21), o Rubro-Anil da Leopoldina começa a decidir a Copa Rio contra a Portuguesa. O primeiro jogo da final será em Moça Bonita, às 15h. A Rádio FutRio transmite a partida ao vivo.

Tags: Luciano Quadros, Bonsucesso

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por