Em 04/06/2019 às 00h55

Conselho do Vasco veta abertura de sindicância contra Alexandre Campello

Na reunião, empréstimo de R$ 10 milhões também foi aprovado


Autor: Redação FutRio / Foto: Felipe Schmidt (Globoesporte.com)

Mais um desdobramento da conturbada política do Vasco aconteceu na noite desta segunda-feira (3). Em reunião do Conselho Deliberativo na Sede Náutica da Lagoa, foi definido através de uma votação a não abertura da comissão de sindicância para investigar o presidente Alexandre Campello. Ele foi denunciado por causar prejuízo ao Cruzmaltino ao não cumprir acordo judiciais com, aproximadamente, 200 ex-funcionários, gerando uma dívida de R$ 4 milhões aos cofres do clube.

Ao todo, foram 202 votos, sendo 105 contra à abertura da sindicância e 97 à favor. Havia a possibilidade de Campello renunciar o cargo de presidente, caso a sindicância fosse aprovada. O mandatário contou com o apoio da maioria dos beneméritos, principalmente de Euriquinho, filho do ex-presidente Eurico Miranda.

VEJA MAIS:

Além disso, na reunião também foi aprovado, em partes, o empréstimo solicitado pela diretoria. A intenção inicial era obter R$ 30 milhões, porém o Conselho Deliberativo aprovou apenas R$ 10 milhões de forma inicial. Os R$ 20 milhões restantes serão discutidos em uma próxima reunião. O Vasco vai utilizar as cotas das transmissões de TV como garantias pelo empréstimo.

Dentro de campo, o cenário é totalmente negativo para o Vasco. Em sete rodadas do Campeonato Brasileiro, o clube ainda não venceu e amarga a lanterna da competição. Na próxima rodada, o Vasco enfrenta o Internacional (RS), em São Januário, na sexta-feira (7), às 20h. O Placar FutRio acompanha em tempo real.

Tags: Vasco

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por