Em 12/05/2019 às 18h01

Com má atuação da defesa, Vasco é facilmente derrotado pelo Santos (SP)

Alvinegro Praiano vence por 3 a 0; Sidão vive tarde infeliz


Autor: Redação FutRio / Foto: Carlos Gregório Jr (CRVG)

Segue o pesadelo. O Vasco visitou o Santos (SP) na tarde deste domingo (12), no Estádio do Pacaembu, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Diante de um adversário inspirado, o Cruzmaltino foi presa fácil e perdeu por 3 a 0. Diego Pituca, Rodrygo e Soteldo marcaram os gols do Alvinegro Praiano.

Agora o Vasco soma três derrotas em quatro jogos no Brasileirão e segue na lanterna, com apenas um ponto somado. A equipe terá a chance de se recuperar na próxima rodada, quando enfrenta o Avaí (SC), em São Januário, no domingo (19), às 19h. O Placar FutRio acompanha em tempo real.

image

Santos (SP) pressiona e Sidão vive inferno astral

Se a equipe paulista já havia sido o carrasco do Vasco na Copa do Brasil, ela voltou a demonstrar todo o seu poderio no Pacaembu. Logo aos dois minutos, Rodrygo recebeu pela esquerda, limpou a marcação e finalizou, mas Sidão espalmou. O Santos retornou ao ataque aos 12 minutos, mais uma vez com o jovem atacante Rodrygo. Ele recebeu de Sánchez e chutou com o arqueiro cruzmaltino já batido, mas Pikachu, em cima da linha, tirou de cabeça. Mas o meia do Vasco só conseguiu adiar aquilo que era inevitável. Aos 18, Sidão saiu jogando totalmente errado, entregou a bola nos pés de Rodrygo, que tocou para Diego Pituca, com o gol aberto, bater colocado e abrir o placar: 1 a 0.

O Vasco até chegou a reagir rápido e balançar as redes com Maxi López, mas a arbitragem, com o auxílio do VAR, anulou o gol. Logo na sequência, o Santos ampliou. Após mais um erro na saída de bola do Vasco, Rodrygo fez uma excelente jogada pela esquerda, passou como quis por Luiz Gustavo e chutou entre a trave e Sidão, que não conseguiu defender. Aos 42, o goleiro vascaíno se atrapalhou com Bruno Silva na grande área e a bola sobrou para Carlos Sánchez, mas o volante se recuperou e colocou a bola para escanteio. Após a cobrança, Sidão saiu mal do gol e Lucas Veríssimo tocou de cabeça, mas a bola explodiu no travessão e voltou na direção do goleiro, que ficou com ela.

Vasco sofre com poderio ofensivo adversário e é inoperante no ataque

Ainda com um suspiro de esperança, o Vasco iniciou a segunda etapa criando boas chances. Aos dois minutos, após cobrança de escanteio, Lucas Mineiro tocou de cabeça e a bola tirou tinta da trave. Mas o bom momento vascaíno durou pouco e o Santos voltou a dominar a partida. Aos 19, Rodrygo invadiu a área pela esquerda e rolou para Soteldo, que chutou e parou em Sidão. No rebote, Carlos Sánchez finalizou mal e a bola saiu em tiro de meta. Aos 24, Soteldo não teve dificuldades em superar a marcação de Pikachu e finalizou colocado, acertando o travessão da meta cruzmaltina.

O Santos começou a empilhar chances perdidas. Aos 25 minutos, após um belo contra-ataque, Soteldo disparou em velocidade, lançou Jean Mota, que cruzou para Sánchez, livre na área, soltar uma bomba e acertar o travessão. Já aos 27 minutos, a equipe paulista não perdoou. Após mais uma boa jogada de Rodrygo, Soteldo recebeu a bola na área, sem marcação e bateu para ampliar o placar. O Vasco ainda tentou reagir com Andrey, que finalizou, mas parou na defesa de Vanderlei. No rebote, Marrony chutou novamente e o arqueiro santista defendeu.

Na parte final da segunda etapa, boas chances foram criadas. Aos 35, Jean Mota recebeu de Derlis González e chutou de fora da área, tirando tinta do travessão e causando calafrios na torcida adversária. No minuto seguinte, foi a vez de Rodrygo bater pela esquerda e por pouco não acertar o gol. Aos 43, após mais um contra-ataque do Santos, Jean Mota recebeu na pequena área, mas finalizou para fora. O lance perdido não fez falta e a equipe paulista administrou o resultado até o apito final.

image

A partida
Santos (SP) 3x0 Vasco - Campeonato Brasileiro, 4ª rodada - 12/05/2019 às 16h

Estádio do Pacaembu (São Paulo - SP)
Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR)
Assistentes: Bruno Boschilia (FIFA/PR) e Rafael Trombeta (PR)

Santos (SP): Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique, Jorge; Jean Lucas (Alison, 11'/2ºT), Diego Pituca (Derlis Gonzáles, 32'/2ºT), Carlos Sánchez, Soteldo; Rodrygo e Eduardo Sasha (Jean Mota, 13'/2ºT). Técnico: Jorge Sampaoli.

Vasco: Sidão; Luiz Gustavo (Andrey - intervalo), Bruno Silva, Ricardo; Yago Pikachu, Raul (Bruno César - intervalo), Lucas Mineiro, Danilo Barcelos; Rossi (Valdívia, 25'/2ºT), Maxi López, Marrony. Técnico: Marcos Valadares.

Gols: Diego Pituca, 19'/1ºT (1-0); Rodrygo, 33'/1ºT (2-0); Soteldo, 27'/2ºT (3-0).

Cartões amarelos: Jean Lucas e Alison (SAN); Maxi López, Danilo Barcelos e Ricardo (VAS).

Cartão vermelho: Danilo Barcelos, 41'/2ºT (VAS).

Público: 11.411 pagantes (12.952 presentes)
Renda: R$ 343.355,00

Tags: Vasco, Santos (SP), Campeonato Brasileiro

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por