Em 04/05/2019 às 21h00

De virada, Portuguesa perde para a Caldense (MG) na abertura da Série D

Anderson Cavalo chegou a abrir o placar, mas os mineiros buscaram a vitória


Autor: Redação FutRio / Foto: Renan Muniz (Caldense)

A Portuguesa visitou a Caldense (MG) na noite deste sábado (4), no Estádio Ronaldo Junqueira, pela primeira rodada da Série D do Campeonato Brasileiro. A estreia teve um gosto amargo para a Lusa. Anderson Cavalo chegou a abrir o placar para a equipe insulana, mas Mariotto e Denilson viraram o marcador para os mandantes.

Com o resultado, a Portuguesa fica na terceira e penúltima colocação do Grupo A12, à frente apenas do Sobradinho (DF) pelo saldo de gols. Na próxima rodada, a Lusa enfrenta o Vitória (ES), no Estádio Luso-Brasileiro, no sábado (11), às 15h. O Placar FutRio acompanha em tempo real.

Equipe mineira domina ações ofensivas, mas Lusa é cirúrgica

A partida começou com a Caldense (MG) tomando iniciativa e buscando pressionar a Portuguesa. Aos 13 minutos, Denílson recebeu em condição legal próximo a área da equipe carioca e soltou uma bomba, mas a bola apenas passou perto da meta defendida por Jefferson. Aos 23, após sobra de bola, Calebe emendou uma boa finalização, que assustou a Portuguesa. Dois minutos mais tarde, em mais um contra-ataque rápido da Caldense, João Victor ganhou em velocidade da marcação e bateu rasteiro, tirando tinta da trave insulana.

Com o passar do tempo, a Caldense (MG) foi diminuindo o rítmo e a Portuguesa, que resistiu à toda pressão, conseguiu sair para o jogo. Tanto que, aos 41 minutos, balançou as redes. Após cruzamento de Arlen, Anderson Cavalo apareceu livre de marcação para tocar de cabeça e estufar a rede adversária: 1 a 0.

Lusa não resiste e cede virada à Caldense (MG)

Na segunda etapa, o cenário se repetiu: a Caldense (MG) imprimiu pressão e, desta vez, a Lusa não resistiu. Aos 18 minutos, Maritto recebeu no ataque e finalizou forte de canhota sem chances para Jefferson, empatando o duelo. A partir daí, a Veterana dominou as ações ofensivas por completo, não deixando a Portuguesa jogar e muito menos criar chances ofensivas.

Aos 34 minutos, o golpe fatal para a equipe carioca surgiu dos pés de Denílson. O meia da Caldense carregou a bola pela esquerda, invadiu a área e chutou com precisão para virar o placar. Com o gol sofrido, a Portuguesa não conseguiu se reencontrar na partida e viu o adversário administrar o resultado até o apito final.

A partida
Caldense (MG) 2x1 Portuguesa - Campeonato Brasileiro Série D, fase de grupos, 1ª rodada - 04/05/2019 às 19h

Estádio Ronaldo Junqueira (Poços de Caldas - MG)
Árbitro: Rafael Gomes Félix Silva (SP)
Assistentes: Gustavo Rodrigues de Oliveira (SP) e Verediana Contiliani Bisco (SP)

Caldense (MG): João Paulo; Calebe, Guilherme Martins, Gabriel Tonini, Rafael Rosa; Franklin, Morais (Júlio Magalhães - intervalo), Lucas Silva, Denílson (Artur, 36'/2ºT); João Victor (Mariotto, 7'/2ºT) e Leleco. Técnico: Marcos Paulo Grippi.

Portuguesa: Jefferson, Cássio (Arlen, 20'/1ºT), Andrezinho, Diego Guerra, Diego Maia; Muniz (Rodriguinho, 34'/2ºT), Vitinho, Rezende, Dieguinho (Romarinho, 25'/2ºT); Alex e Anderson Cavalo. Técnico: Edson Souza.

Cartões amarelos: Mariotto, Rafael Rosa e Artur (CAL); Muniz e Diego Maia (POR)

Gols: Anderson Cavalo, 41'/1ºT (0-1); Mariotto, 18'/2ºT (1-1); Denílson, 34'/2ºT (2-1)

Público: 567 presentes (369 pagantes)
Renda: R$ 5.015,00

Tags: Caldense (MG), Portuguesa, Série D do Brasileirão

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por