Em 09/04/2019 às 19 h39

Jefferson diz que Bruno Andrade e Edson Souza pesaram na escolha pela Lusa

Goleiro defenderá a Portuguesa na Série D do Brasileiro deste ano


Autor: Redação FutRio / Fotos: Bernardo Gleizer (NIFC)

Muitos acreditam que a Portuguesa fez a sua melhor contratação para o gol nos últimos anos. Consagrado no Rio de Janeiro e ídolo do Nova Iguaçu, Jefferson fechou com a Lusa para a disputa da Série D do Brasileirão. O goleiro de 32 anos chega para uma posição que o clube teve vários jogadores nos últimos anos, mas que não conseguiram se firmar, algo que deve ser diferente desta vez. O arqueiro falou com entusiasmo sobre o novo desafio e citou duas pessoas como muito importantes na sua escolha: o diretor de futebol Bruno Andrade e o técnico Edson Souza.

- O que mais me atrai no futebol é planejamento.  Eu tive o prazer de ver um pouquinho do outro lado do futebol, no curso que recentemente terminei em gestão esportiva e vi que a Portuguesa vem se planejando muito bem. Tanto que será um grande prazer trabalhar com Bruno Andrade, que é o gerente de futebol do clube, e concluímos juntos esse mesmo curso, mas quando ele ainda jogava, atraia minha admiração pelo atleta profissional que sempre foi. E é claro que o fato do professor Edson Souza ser o treinador me fez não pensar duas vezes. Edson é uma pessoa pelo qual eu tenho grande carinho, foi o treinador que mais me deu oportunidades. Ao todo foram três anos como seu titular no Nova Iguaçu e com ele eu consegui sempre me destacar e me desenvolver como atleta. Juntos conquistamos vários títulos pelo Nova Iguaçu entramos para a  história do clube. E a ideia é repetir tal feito, mas agora com a camisa da Portuguesa - disse o atleta.

image

Jefferson vai disputar pela quinta vez a Série D do Campeonato Brasileiro. Nas últimas três vezes, não passou da primeira fase, duas vezes pelo Nova Iguaçu e uma pelo Bangu. Mas a primeira vez ninguém esquece. O goleiro procurou lembrar-se de boas recordações, como em 2010, quando defendia o Madureira, disputando pela primeira vez a competição e conquistou o acesso.

- Acúmulo algumas mais participações em campeonatos da Série D do Brasileiro. Mas sem dúvidas a mais vitorioso foi a de 2010, quando eu ainda jogava pelo Madureira e nós saímos como vice-campeões. Nós permitiu no ano seguinte estar um degrau acima em nível nacional. A esperança é fazer o mesmo feito com a Portuguesa. E por que não terminar campeão? Difícil será, não é um campeonato simples, porém com a equipe e a comissão técnica que a diretoria da Lusa vem montando,  esse feito é muito possível - frisou o jogador, que concluiu.

- As expectativas são ótimas, a Portuguesa nos últimos anos cresceu muito, não só dentro de campo, mas como também na sua estrutura. Hoje é um clube pronto para dar um passo a mais a nível nacional.  Isso tudo graças a uma gestão seria, competente e que acima de tudo vem pensando no crescimento da instituição.

A Portuguesa abre a participação na Série D em 5 de maio. Integrante do Grupo A12, a Lusa terá três concorrentes na chave: Caldense (MG), Sobradinho (DF) e Vitória (ES).

Tags: Jefferson, Portuguesa

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por