Em 10/03/2019 às 12h14

Pênalti polêmico gera divergências e críticas a Marcelo de Lima Henrique

Lance na partida entre Portuguesa e Boavista acirrou os ânimos em Moça Bonita


Autor: Redação FutRio / Foto: Marcos Faria

O empate por 1 a 1 entre Portuguesa e Boavista, no último sábado (9), ficou marcado pelo pênalti polêmico assinalado pelo árbitro Marcelo de Lima Henrique, ainda no primeiro tempo, em favor do time de Saquarema. Numa disputa de bola entre Leandrão e Marcão, o homem do apito viu toque de mão do defensor da Lusa (confira o lance). Estava iniciada a discórdia.

Dentro de campo, ao contrário do que é normal nesse tipo de situação, não se viu tanta reclamação. Do lado de fora, entretanto, o clima esquentou, a ponto do presidente da Portuguesa, João Rego, se dirigir ao alambrado para xingar o árbitro na saída para o intervalo. Comissão técnica e membros da diretoria lusitana também se exaltaram. Os personagens principais do lance deram suas versões.

image

- No momento do cabeceio, quando eu e o Leandro estávamos lutando pelo mesmo espaço, o Leandro foi levantar o braço dele e levantou o meu junto. Nisso, na cabeçada, acabou resvalando (no braço) e o juiz disse que eu interceptei um passe. A equipe deles falou que não foi pênalti. Não foi um toque intencional, mas como ele (árbitro) disse que é a regra, tem que dar, e deu. Teve um a nosso favor e ele não deu. Temos que correr atrás de tudo - disse Marcão.

Leandrão, naturalmente, concordou com a marcação da arbitragem. Segundo o centroavante do Boavista, na disputa pela bola, o zagueiro adversário tocou involuntariamente com a mão.

- Eu estava de costas e ele estava me marcando. Claro que não foi intencional (o toque), mas a regra faz com que um lance desse seja pênalti. Falei com ele (Marcão) e ele concordou comigo. Eu estava de braços abertos, fui escorar de cabeça e pegou no braço dele. Pênalti claro. A regra faz com que seja pênalti.

"O Marcelo de Lima Henrique é um cara que tinha meu respeito", diz Ailton Ferraz

Treinador da Portuguesa e um dos mais contrariados com a marcação do pênalti, Ailton Ferraz não poupou críticas a Marcelo de Lima Henrique. Segundo o comandante da Lusa, o juiz não efetuaria a mesma marcação caso a situação tivesse sido inversa.

- Para tu ver: é um lance que eles (Boavista) nem reclamaram. Temos o vídeo. Nem toca na mão do Marcão, é o Leandrão que ajeita de cabeça. Está no vídeo, bonitinho, eu vi várias vezes. Todo mundo viu. Não é puxando para o meu lado não. Sem brincadeira, com todo respeito, mas se fosse ao contrário, ele não daria o pênalti. Isso é nítido. O Marcelo de Lima Henrique é um cara que tinha o meu respeito. Depois do acontecido, não tem mais.

Dirigentes da Portuguesa estudam a possibilidade de entrar com representação junto a Comissão de Arbitragem do Rio de Janeiro (COAF-RJ) para que Marcelo de Lima Henrique não venha mais a apitar jogos da equipe no Campeonato Carioca.

Em termos de tabela, o empate foi prejudicial para ambos. A Lusa tem apenas dois pontos e ocupa a lanterna da classificação geral, dentro da zona de Seletiva. O Boavista, com oito pontos, segue ameaçado de Z-2. Na próxima rodada, o time da Ilha encara o Bangu, enquanto o Verdão pega o Americano.

Tags: Portuguesa, Carioca Série A, Boavista

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por