Em 18/01/2019 às 12h25

Guia FutRio do Carioca 2019: análise e informações dos 12 participantes

Competição, que começa neste sábado (19), tem o Botafogo como atual campeão


Autor: Redação FutRio / Foto: Vitor Silva (SSPress/BFR)

A Seletiva ficou para trás e definiu Resende e Americano como os dois clubes classificados à fase principal do Campeonato Carioca 2019, que começa neste sábado (19). A partir de agora tem início a "festa de gala" da competição. Serão 12 participantes divididos em duas chaves, nas disputas das tradicionais Taça Guanabara e Taça Rio, além das semifinais gerais. O Botafogo defende o título.

image

O Guia FutRio mais uma vez entra em cena com informações detalhadas, análise completa e projeção. Dados que são reunidos para formarem o mais completo material sobre o Estadual do Rio de Janeiro. Já a Rádio FutRio transmite três duelos da jornada inaugural: Fluminense x Volta Redonda (sábado, às 19h), Portuguesa x Americano (domingo, às 16h30) e Cabofriense x Botafogo (domingo, às 19h).

OS GRUPOS

Grupo A: Americano, Fluminense, Madureira, Portuguesa, Vasco e Volta Redonda
Grupo B: Boavista, Bangu, Botafogo, Cabofriense, Flamengo e Resende

REGULAMENTO

Similar ao de 2018. Na Taça Guanabara, os times se enfrentam dentro dos grupos, em turno único. Os dois melhores de cada chave se classificam à semifinal - que acontecem em partida única e com os líderes dos grupos com a vantagem do empate. Na final, igualdade leva aos pênaltis. Na Taça Rio, os confrontos qualificatórios passam a ser com as equipes da outra chave, mas as regras de classificação e mata-mata se mantêm.

Os campeões dos dois turnos se classificam para a semifinal do Carioca, além das duas equipes de melhor campanha geral, considerando apenas as fases de grupos. Os cruzamentos acontecem em duelo único, com vantagem do empate e mando de campo para os campeões de turnos. Seguindo este molde, a final não contará com vantagem para nenhum dos lados. Em caso de empate em pontos e saldo de gols após dois jogos, os pênaltis definirão o campeão geral.

Há um segundo cenário possível, conforme alteração no regulamento para 2019: se o mesmo time for campeão dos dois turnos, este se classifica diretamente à decisão do campeonato e a semifinal será formada pelos dois times de melhor campanha na soma das etapas qualificatórias. Caso aconteça esta configuração, a semifinal será em confronto único, com vantagem do empate para o time mais bem colocado no geral. Já na decisão, o campeão dos turnos terá vantagem de dois resultados iguais e prioridade no mando.

Ao final da fase principal, os dois piores clubes na classificação geral são "rebaixados" para a Seletiva de 2020. Vale lembrar ainda que, em paralelo, o Grupo X reúne America, Goytacaz, Macaé e Nova Iguaçu, equipes que não conseguiram superar a etapa preliminar. Destes, dois caem para a Série B1 ainda em 2019.

A ordem dos critérios de desempate na fase principal é a seguinte: vitórias; saldo de gols; gols-pró; confronto direto; cartões amarelos e vermelhos; sorteio. Para efeitos de contagem, cada cartão vermelho equivale a três amarelos.

Abaixo, todos os detalhes sobre as 12 equipes:

image

image

Fundação: 01/06/1914
Melhor campanha: 2º lugar (2002)
Posição em 2018: vice-campeão da Série B1

ELENCO ATUAL
Goleiros: Luís Henrique, Gustavo Inácio e Patrick
Zagueiros: Admilton, Gabriel, Gustavo Silva, Magrão e Espinho
Laterais: Léo Rosa, Murilo, Darwin Ávila, Sanderson, Rafinha, Ricardo, Neto e Digão
Volantes: Andrey, Júnior Santos, Matheus Gama, Abuda e Vandinho
Meias: Flamel, Gustavo, Paulo Vitor e Vinícius Machado
Atacantes: Dedé, Di Maria, Léo Reis, Marcos Paulo, Nathan, Ramon Souza e Romário

Análise: Vice-campeão da Série B1 do Carioca de 2018, o clube superou a Seletiva ficando com a segunda colocação. A parte defensiva se mostrou um ponto forte até aqui, com jogadores entrosados e bem adaptados ao estilo de jogo implementado pelo técnico Josué Teixeira. Este, por sinal, prometeu contratações para encorpar o elenco que agora tem a fase principal pela frente. O treinador, que também atua como uma espécie de manager, não esconde: a prioridade é ficar entre os 10 primeiros e evitar a volta para a Seletiva. O que vier a mais é lucro.
Destaque: LUÍS HENRIQUE - Aos 39 anos e com aproximadamente 25 clubes no currículo, Luís é a representação da fortaleza defensiva que Josué Teixeira coloca em prática. A idade não impede o arqueiro de mostrar agilidade debaixo da baliza. Mesmo longe dos demais companheiros em termos de posicionamento dentro de campo, conduz e lidera o Alvinegro de maneira natural. Demonstrou isso nos cinco compromissos da Seletiva, naturalmente carregados de tensão.

Fique de olho: FLAMEL - Contratado antes da Seletiva, o meia tomou conta da posição de articulador, agregando qualidade técnica e visão de jogo. Esteve presente em quatro dos cinco jogos da fase preliminar e marcou um gol, mas se lesionou na penúltima rodada, durante a vitória sobre o Macaé. Quando estiver recuperado, deverá retomar com naturalidade o posto de titular.
 
Promessa: MATHEUS GAMA - Se o destaque do time e expoente de experiência é Luís Henrique, com 39 anos, a promessa é justamente o filho do goleiro. O volante Matheus Gama, de apenas 19, cresceu em importância e ganhou espaço na reta final da temporada 2018. Dedicado e obediente taticamente, o atleta adquiriu a confiança de Josué Teixeira. Sem a pressão constante da Seletiva, quando foi utilizado apenas uma vez, pode receber mais oportunidades e dar sequência ao bom trabalho do ano passado.

Treinador: JOSUÉ TEIXEIRA - Profissional de 58 anos que levou o clube ao vice-campeonato da Série B1 e ao título da Copa Rio em 2018. Mesmo perdendo peças importantes como Cláudio Maradona e Maikon Aquino, conseguiu reinventar o Americano para a atual temporada, mais uma vez demonstrando largo conhecimento na parte tática e domínio emocional do plantel. Com um elenco enxuto, passou por sérios problemas de lesão na fase preliminar, mas conseguiu a classificação com o segundo lugar.

Projeção FutRio.net: 1,80 (*****)

image

image

Fundação: 17/04/1904
Melhor campanha: campeão, duas vezes (1933 e 1966)
Posição em 2018:

ELENCO ATUAL
Goleiros: Célio Gabriel, Jefferson Paulino e José Canto
Laterais: Kelvin, Dieyson, Ronaldo e João Lucas
Zagueiros: Michel, Rodrigo Lobão, Glauber, Eduardo Brito, Anderson Penna e Jefferson Siqueira
Volantes: Serginho, Felipe Dias, Rogério Xodó, Marcos Júnior, Sidney e Josiel
Meias: Tchô, Robinho, Alex Chander, Léo Lisboa e Glauber
Atacantes: Anderson Lessa, Felipe Adão, Bruno Luiz, Pingo, Alex Azeredo, Yaya Banhoro e Jairinho

Análise: Reformulou o elenco que disputou o último Campeonato Carioca. Algumas peças, de confiança do técnico Alfredo Sampaio, permaneceram, o que deixa uma espinha dorsal já entrosada. Cada um em um setor. Célio Gabriel, Michel, Marcos Júnior e Anderson Lessa devem liderar a equipe na disputa do Estadual. No último ano, o desempenho não foi ruim. O Alvirrubro fez dois turnos distintos, sendo semifinalista do primeiro e caindo de produção no segundo. O objetivo e o discurso são o de sempre: conseguir a classificação para a Série D.

Destaque: ANDERSON LESSA - Foi anunciado próximo do Natal como o grande presente de fim de ano para o torcedor. Alcançou o posto de goleador da equipe no Estadual de 2018. Com dez jogos disputados - com a maioria entrando no decorrer das partidas - fez quatro gols, com uma média interessante de minutos em campo/tentos anotados. Para este ano tem concorrência de outros jogadores experientes no setor, como Felipe Adão e Bruno Luiz.

Fique de Olho: TCHÔ - O meia surgiu como promessa do Atlético (MG) no final da década passada, tendo inclusive passagem e título pela Seleção Brasileira Sub-20. Chega para ser o condutor do meio-campo alvirrubro após o longo período em que o clube contou com o ídolo Almir vestindo a camisa 10. Entre as opções de Alfredo Sampaio, é o atleta com mais capacidade técnica para municiar o ataque.

Promessa: JOÃO LUCAS - Lateral-direito de 20 anos, cria do futebol mineiro, onde surgiu no Villa Nova. Em seguida conseguiu a grande chance da carreira, se transferindo para o Goiás. No Centro-Oeste não obteve sequência no time principal, mas ganhou rodagem que poderá ser utilizada na disputa do Campeonato Carioca. Dotado de boa técnica, pode explodir na vitrine do Estadual no Rio de Janeiro.

Treinador: ALFREDO SAMPAIO – Aos 60 anos retorna ao clube depois de comandar a equipe no último Estadual e ser semifinalista do primeiro turno. Assim como no ano passado, participou da montagem do elenco para a competição. À vontade no Alvirrubro, o treinador é o terceiro que mais esteve à frente da equipe da Zona Oeste em toda história. A experiência dele, indo para o 21º Estadual, pode ser determinante para o sucesso coletivo na competição.

Projeção FutRio.net: 1,80 (*****)

image

image

Fundação: 10/03/2004
Melhor campanha no Carioca: 4º (2011)
Posição em 2018:

ELENCO ATUAL
Goleiros: Gabriel, Rafael, Guilherme e Ary
Zagueiros: Elivelton, Gustavo, Rafael Marques e Victor Pereira
Laterais: Christianno, Bruno Moura, Gabriel Casimiro, Jean, Marcio Costa e Thiaguinho
Volantes: Adam, Douglas Pedroso, Júlio César, Maicon Douglas, Ralph e Vitor Faíska
Meias: Arthur Rezende, Bernardo, Carlos Alberto, Lucas e Michel
Atacantes: Dija Baiano, Felipe Augusto, Juninho, Leandrão, Pachu, Renan Donizete, Tartá, Mosquito e Luis Soares

Análise: Novamente o Boavista surge como um dos melhores clubes de menor investimento, talvez até o melhor. O primeiro objetivo é superar um dos grandes na classificação geral, assim como em 2011, quando terminou na quarta colocação, ficando à frente do Vasco. Mas o grande sonho é conquistar algum título, já que na temporada passada bateu na trave ao perder para o Flamengo na decisão da Taça Guanabara. Investimento e trabalho de qualidade na pré-temporada não faltaram. Resta ver dentro de campo como a equipe vai reagir.

Destaque: CARLOS ALBERTO - Multicampeão, o experiente meia volta ao futebol do Rio de Janeiro após defender o Athletico (PR) em 2017 e ficar toda a temporada 2018 sem atuar. O jogador chega ao Boavista com a responsabilidade de ser o nome mais conhecido do grupo e com a missão de ajudar a equipe a alçar voos maiores do que nas últimas temporadas.

Fique de olho: LUCAS - Destaque em 2018, foi emprestado ao Vasco, mas acabou não sendo aproveitado. De volta ao Verdão de Saquarema, espera-se do atleta um desempenho, no mínimo, parecido ou até melhor do que o visto na última temporada. Com a rodagem que ganhou no Cruzmaltino, mesmo sem entrar em campo oficialmente, retorna mais maduro ao clube da Região dos Lagos.

Promessa: JUNINHO - Com apenas 19 anos, é considerado uma promessa e deve receber oportunidades durante o Campeonato Carioca. A concorrência é pesada, mas o jovem atleta, que alia velocidade e drible, vai brigar de igual para igual com os jogadores mais experientes para ser um dos garçons do veterano Leandrão.

Treinador: EDUARDO ÀLLAX - Técnico de 41 anos que vai para mais uma temporada à frente do Boavista. Após passar pelo Audax na Série B1, volta ainda mais confiante após um bom trabalho no Laranja Meritiense. Tem o apoio da diretoria e com peças de qualidade pode levar o Verdão de Saquarema ainda mais longe do que em 2018, quando esteve na final da Taça GB e fechou na quinta colocação geral do Campeonato Carioca.

Projeção FutRio.net: 3,20 (*****)

image

image

Fundação: 12/08/1904
Melhor campanha no Carioca: campeão, 21 vezes (1907, 1910, 1912, 1930, 1932, 1933, 1934, 1935, 1948, 1957, 1961, 1962, 1967, 1968, 1989, 1990, 1997, 2006, 2010, 2013 e 2018)
Posição em 2018: campeão

ELENCO ATUAL
Goleiros: Gatito Fernández, Diego Cavalieri e Diego
Zagueiros: Joel Carli, Marcelo, Gabriel e Helerson
Laterais: Marcinho, Gilson e Jonathan
Volantes: Gustavo Bochecha, João Paulo, Alan Santos, Jean, Alex Santana e Wenderson
Meias: Leo Valencia, Luiz Fernando, Marcos Vinicius e Gustavo Ferrareis
Atacantes: Rodrigo Pimpão, Leandro Carvalho, Igor Cássio, Kieza, Aguirre, Alessandro e Erik

Análise: Atual campeão, o Botafogo busca o bicampeonato, algo que não acontece desde a dobradinha em 89 e 90. O Alvinegro inicia a temporada sem o maior ídolo da década, o goleiro Jefferson, que se aposentou. Reforços chegaram com a missão de suprir as saídas no elenco, mas a equipe continua com um plantel enxuto. Muita garra e dedicação podem ser esperadas, como o Glorioso se acostumou a mostrar dentro de campo nos últimos anos.

Destaque: GATITO FERNÁNDEZ - Responsável por segurar a barra após a aposentadoria do ídolo Jefferson, o goleiro paraguaio já tem o carinho do torcedor e inicia o ano como o principal nome da equipe. Oficialmente titular absoluto, tem tudo para ajudar o Alvinegro novamente a trilhar o caminho do título no Campeonato Carioca, assim como fez na última temporada, quando defendeu duas cobranças de pênaltis na decisão contra o Vasco.

Fique de olho: ALESSANDRO - Conhecido como Zé Gatinha, o atacante de 21 anos veio para o Botafogo após destaque no futebol do Espírito Santo e no Flamengo de Guarulhos (SP). Passou por testes e parece ter agradado a comissão técnica. Com contrato até abril, tem o Campeonato Carioca para mostrar que pode renovar o vínculo e ajudar muito o Glorioso com seus dribles e gols.

Promessa: IGOR CÁSSIO - Revelação do clube, o centroavante iniciou 2018 também na equipe principal, mas uma grave lesão o deixou fora dos gramados por bastante tempo. Treinando com o time de cima no final do ano passado, agradou ao técnico Zé Ricardo e vai receber oportunidades nesta temporada. Finalizador e com bom cabeceio, Igor foi um dos destaques da equipe sub-20 do Bota nos últimos anos.

Treinador: ZÉ RICARDO - Após chegar ao Botafogo na luta contra o rebaixamento, Zé Ricardo, de 47 anos, conseguiu arrumar a equipe, chegando a sonhar com uma vaga na Copa Libertadores. Com o objetivo de permanecer na primeira divisão do Brasileirão alcançado, o técnico recebeu o carinho da torcida e a confiança da diretoria que busca a renovação de contrato, que chega ao fim em abril. O trabalho feito deu respaldo ao treinador para realizar as mudanças que julgou necessárias para 2019.

Projeção FutRio.net: 3,40 (*****)

image

image

Fundação: 01/01/1997 
Melhor campanha no Carioca: 4º (2014) 
Posição em 2017:

ELENCO ATUAL
Goleiros: George e Camilo  
Zagueiros: Gerson Júnior, Igor, Lucas Cunha e Roberto Júnior
Laterais: Bruno Lima, Pedro, Manoel e Marlon 
Volantes: Valderrama, Gama, Victor Feitosa e Wellington Junior 
Meias: Anderson Rosa, Kaká Mendes, Michel, Índio e Douglas Cruz 
Atacantes: Abner, André Duarte, Dudu, Luan, Rafael Pernão, Marcus Vinicius, Rafael Gladiador, Gerônimo e Watson 

Análise: Depois do Campeonato Carioca do ano passado, a Cabofriense não entrou mais em campo. O clube retornou aos treinamentos em novembro e aposta num elenco jovem para ir longe no Estadual. O grande objetivo do Tricolor Praiano este ano é conquistar uma vaga numa competição nacional para 2020.
 
Destaque: GEORGE – Indo para o terceiro Campeonato Carioca pela Cabofriense, o goleiro de 27 anos deixou de ser uma aposta e hoje é realidade dentro do clube. É o único jogador do atual elenco que jogou todos os jogos do Tricolor Praiano nos dois últimos Estaduais. Foi um dos melhores arqueiros da Série A em 2018, defendendo o time de Cabo Frio, e da segunda divisão do Rio de Janeiro, quando esteve emprestado ao Sampaio Corrêa. 

Fique de olho: RAFAEL GLADIADOR – Revelado pelo Bahia, o centroavante chegou a Cabofriense e surpreendeu nos treinamentos e principalmente durante os jogos-treino, marcando muitos gols. Apesar de ter apenas 26 anos, é um jogador com boa experiência, tendo atuado até mesmo no exterior.

Promessa: MARCUS VINICIUS – Uma das novidades da Cabofriense para 2019, chega querendo mostrar serviço no futebol do Rio de Janeiro. Possui 20 anos e foi revelado pelo Figueirense (SC). Poderia estar disputando a Copa São Paulo de Futebol Júnior, onde o clube catarinense está nas quartas de final, mas aceitou um desafio maior para defender o Tricolor.
 
Treinador: LUCIANO QUADROS – Pouco conhecido no Rio de Janeiro até três temporadas atrás, Luciano Quadros, de 44 anos, mostrou bom trabalho com grandes campanhas na segunda divisão do Campeonato Carioca à frente de Audax e Sampaio Corrêa. Após bater na trave com o Sampaio em 2018, perdendo o acesso para o America, o técnico encara a chance na Cabofriense como a mais importante da carreira.

Projeção FutRio.net: 1,80 (*****)

image

image

Fundação: 15/11/1895
Melhor campanha no Carioca: campeão, 34 vezes (1914, 1915 1920, 1921, 1925, 1927,1939, 1942, 1943, 1944, 1953, 1954,1955, 1963, 1965, 1972, 1974, 1978, 1979, 1979 especial, 1981, 1986, 1991, 1996,1999, 2000, 2001, 2004, 2007, 2008, 2009, 2011, 2014 e 2017)
Posição em 2018:

ELENCO ATUAL
Goleiros: César, Diego Alves e Gabriel Batista
Zagueiros: Rodrigo Caio, Juan, Thuler, Léo Duarte, Rhodolfo e Matheus Dantas
Laterais: Rodinei, Renê, Trauco, Pará e Klebinho
Volantes: Willian Arão, Cuéllar, Jean Lucas e Piris da Motta
Meias: Diego, Everton Ribeiro e Arrascaeta
Atacantes: Gabigol, Vitinho, Henrique Dourado, Uribe, Berrío, Lincoln e Vitor Gabriel

Análise: O já estrelado elenco do Flamengo ganhou ainda mais reforços e parte, disparado, como o time mais valioso do Rio de Janeiro. As três maiores investidas no mercado de verão devem desfilar seus primeiros passos neste Carioca: Arrascaeta, nova contratação mais cara da história do clube, Gabigol, artilheiro do último Brasileirão e Rodrigo Caio, zagueiro já convocado por Tite para a Seleção Brasileira. O trio se junta a um plantel que já tem nomes como Diego, Diego Alves, Everton Ribeiro, Vitinho e Uribe. Um time recheado de estrelas para buscar o título que foi alcançado pela última vez em 2017.

Destaque: ARRASCAETA - Ganhou status de contratação mais cara da história do Flamengo e do futebol brasileiro após uma longa novela envolvendo o Cruzeiro (MG) durante a pré-temporada. Provavelmente não disputará as primeiras partidas, mas chega ao clube, obviamente, com status de titular e a bagagem de títulos em Minas, como o bicampeonato da Copa do Brasil com gol de título e o próprio Estadual no primeiro semestre. Em um time recheado de estrelas, é difícil até escolher só um para ser o "destaque", mas o valor investido em Arrascaeta chama a atenção.

Fique de olho: VITINHO - Em 2017, Everton Ribeiro foi contratado na janela de meio de ano, mas não fez grandes partidas. Só caiu nas graças da torcida no ano seguinte, após a pré-temporada. Quem vê o filme se repetir é Vitinho: dono do posto de jogador mais caro até a chegada de Arrascaeta, ele também foi contratado no meio do calendário nacional e fez um Brasileirão de pouco brilho. A expectativa é que, a partir do Carioca, deslanche e volte a ser o jogador que encantou no Botafogo.

Promessa: VÍTOR GABRIEL - Fez uma excelente Copa São Paulo e recebeu as primeiras duas chances no time profissional no próprio Carioca em 2018, chegando a se dividir entre as duas competições. Desta vez, faz parte do time principal, sendo utilizado durante a pré-temporada na Florida Cup. Com o provável rodízio no elenco, é o mais indicado à revelação rubro-negra em meio a um elenco recheado de estrelas.

Treinador: ABEL BRAGA - São 66 anos, a maior parte deles dedicados ao futebol. Em 2018, passou o primeiro semestre no rival Fluminense, onde tem bastante identificação, e fez um bom trabalho diante de um time considerado limitado. No entanto, se afastou para cuidar da saúde. De volta ao mercado, treinará novamente o Flamengo buscando apagar a última lembrança, que é de um trabalho ruim em 2004, com direito a vice-campeonato da Copa do Brasil para o Santo André (SP).

Projeção FutRio.net: 5,00 (*****)

image

image

Fundação: 21/07/1902
Melhor campanha no Carioca: campeão, 31 vezes (1906, 1907, 1908, 1909, 1911, 1917, 1918, 1919, 1924, 1936, 1937, 1938, 1940, 1941, 1946, 1951, 1959, 1964, 1969, 1971, 1973, 1975, 1976, 1980, 1983, 1984, 1985, 1995, 2002, 2005 e 2012)
Posição em 2018:

ELENCO ATUAL
Goleiros: Rodolfo, Marcos Felipe e Agenor
Zagueiros: Paulo Ricardo, Matheus Ferraz, Frazan, Digão, Nathan e Ibañez
Laterais: Gilberto, Ezequiel, Marlon e Igor Julião
Volantes: Airton, Bruno Silva, Dodi e Luiz Fernando
Meias: Caio Henrique, Daniel e Mateus Gonçalves
Atacantes: Yony González, Pablo Dyego, Pedro, Robinho, Luciano, Calazans, Everaldo e João Pedro

Análise: Vivendo uma grande crise política e financeira, o Fluminense procurou, do jeito que deu, montar um time para a disputa do Campeonato Carioca. Reforços modestos, um treinador promissor e poucos remanescentes de um elenco que chegou a possuir cinco meses de direitos de imagem atrasados em 2018. Saíram alguns dos principais jogadores, como Richard e Sornoza, e outros têm futuro indefinido ou estão entregues ao departamento médico, casos de Gilberto e Pedro, revelação do Brasileirão. A expectativa para a temporada não é das melhores.

Destaque: BRUNO SILVA - Talvez a principal contratação do Fluminense para a temporada. Dono de ótimas lembranças no Botafogo, especialmente durante a campanha da Libertadores em 2017, viveu ano ruim no Cruzeiro, que topou liberá-lo após uma temporada inteira mal frequentando o banco de reservas. Com a versatilidade de poder atuar como volante ou meia aberto, é do tipo de atleta que Fernando Diniz gosta: marca e sabe ocupar vários espaços.

Fique de olho: RODOLFO - Após uma temporada completa no banco de reservas, à margem de Júlio César, viu na saída do antigo dono da camisa 1 a chance de agarrar a titularidade pela primeira vez. Goleiro relativamente rodado, deixou boa impressão nas poucas vezes que atuou, defendendo até pênalti decisivo no clássico contra o Botafogo pelo Campeonato Brasileiro. Começa a temporada com prestígio com Fernando Diniz, apesar da contratação de Agenor.

Promessa: JOÃO PEDRO - Apenas 17 anos, mas já vendido ao futebol europeu. O atacante vai jogar no Watford (ING) quando completar 18. Por enquanto, segue no Fluminense e, depois de muitos gols e assistências nas categorias de base, tentará mostrar o faro de artilheiro pela primeira vez entre os profissionais, suprindo a ausência de Pedro, que é uma incógnita. No entanto, em um primeiro momento, não deve ser titular.

Treinador: FERNANDO DINIZ - Aos 44 anos, é um dos técnicos mais novos da competição. Tem história como jogador no Fluminense e vai para o maior desafio na carreira. Conhecido por implantar um esquema de posse de bola e toques rápidos, fez história no Audax (SP) ao sagrar-se vice-campeão paulista, mas em seguida teve pouco sucesso no Paraná e no Atlético (PR). Foi o escolhido para tentar tirar o time da crise, focando no futebol e esquecendo a política e os bastidores.

Projeção FutRio.net: 3,20 (*****)

image

image

Fundação: 08/08/1914
Melhor campanha no Carioca: 2º, duas vezes (1936 e 2006)
Posição em 2018:

Goleiros: Jonathan, Otávio, Douglas e Lucão
Laterais: Valdir, Arlen, Cláudio Lacerda, Geovane Khuchner e Felipe Saturnino
Zagueiros: Ivan Cañete, Jordan, Lucas Berquiolli, Júnior Lopes, Thiago Medeiros, Mário Pierre, Ricardo Lima e Marcelo Alves
Volantes: Marquinhos, Rezende, Vico, Denílson, Levi e Walney
Meias: Carlinhos, Alanzinho, Bruno, Luciano, Everton e Rodrigo Dantas
Atacantes: Cláudio Maradona, Maikon Aquino, Rhainer, Marlon, Lauro César, Welber, Bernardo, Otacildo, Derek, Ygor Catatau, Ueslei e Bruno Rodino

Análise: Um dos clubes que mais se reforçou para a disputa do Campeonato Carioca. Quase 20 novos jogadores chegaram para apagar de vez a péssima campanha do último ano, quando a equipe se livrou somente na última rodada da queda à Seletiva. Com olhar certeiro no mercado, trouxe os destaques das divisões intermediárias como Cláudio Maradona, Maikon Aquino e Rhainer, aliando juventude e experiência ao grupo. Outro reforço importante será a utilização do Aniceto Moscoso, na Rua Conselheiro Galvão, também contra as equipes de maior investimento, tendo a força do seu caldeirão na Zona Norte a favor.

Destaque: CARLINHOS - Meia clássico e muito identificado com o Madureira, tem a missão de municiar o ataque recheado que o clube tem à disposição. Canhoto e comparado no passado com Felipe, ex-Vasco, o meia, quando motivado, consegue desequilibrar as partidas. A ligação afetiva com o Madureira pode ser o combustível para fazer com que o camisa 10 consiga ser o ponto alto da equipe para a disputa do Campeonato Carioca.

Fique de olho: CLÁUDIO MARADONA - Viveu a melhor fase da carreira no último ano, quando com o Americano foi vice da Série B1, campeão da Copa Rio e marcou 22 gols nos 34 jogos que fez no Norte Fluminense. O nível de dificuldade aumenta no Madureira, mas os treinamentos indicam a titularidade do atacante ao lado de Welber, no comando ofensivo. É versátil e pode atuar tanto como referência no ataque, quanto pelo lado do campo.

Promessa: BERNARDO - Atacante de 20 anos que desfruta de largo prestígio na base tricolor. Terá concorrência das mais pesadas, já que o Madureira não poupou na hora de contratar homens de frente. Ainda assim, desponta como boa opção para o técnico Roy. Caso supere a concorrência no dia a dia dos treinamentos, terá a principal chance de obter sequência como profissional.

Treinador: ANTÔNIO CARLOS ROY – Com uma bagagem ímpar no cenário de menor investimento no Rio de Janeiro e grande conhecedor do Madureira, onde já foi campeão no passado, o técnico de 49 anos tem nas mãos um elenco muito qualificado, principalmente do meio para frente. A característica de manter equipes equilibradas indica um time coeso, apesar das inúmeras opções para o ataque do Tricolor Suburbano.

Projeção FutRio.net: 3,00 (*****)

image

image

Fundação: 17/12/1924
Melhor campanha no Carioca: 5º (1958)
Posição em 2018:

ELENCO ATUAL
Goleiros: Ruan, Edson Kölln, Victor e Marlon 
Laterais: Filippe Formiga, Cássio, Adriano, Diego Maia e Zeca
Zagueiros: André Santos, Marcão, Luan, Pedro, Marreta e Emerson
Volantes: Muniz, Henrique, Ricardinho, João Cleriston, Magé e Luciano 
Meias: Rodrigo Andrade, Everton Sena, Maicon Assis, Denilson, PK e Fabinho
Atacantes: Romarinho, Douglas Eskilo, Nilson, Tiago Amaral, Waldir, André Silva, Jaderson, Luan e Ruan.

Análise: Depois de realizar uma boa campanha na edição de 2018, quando perdeu apenas para o Flamengo dentre os quatro grandes, e conquistou um sexto lugar que resultou em vaga na Série D do Campeonato Brasileiro, a Lusa entra na competição cercada de expectativas e tem o objetivo de, no mínimo, repetir a última trajetória. O elenco recebeu caras conhecidas do futebol carioca e nacional, somando aos jogadores que mantiveram uma espinha dorsal dos últimos anos. Além disso, o Luso Brasileiro, apesar de vetado na rodada de abertura, pode aparecer como uma vantagem na hora de enfrentar os grandes.

Destaque: RODRIGO ANDRADE - Artilheiro da campanha campeã da Portuguesa na Copa Rubro-Verde, o novo camisa 10 da Lusa já caiu nas graças da torcida. Com 30 anos e uma imensa bagagem no futebol brasileiro, o meia possui grande desenvoltura e faro de gol para ser uma das principais armas ofensivas da equipe.

Fique de olho: MAICON ASSIS - Depois de se ver livre das lesões e conseguir atuar em todas as partidas da Lusa no Carioca do ano passado, o habilidoso meia vai para a sexta temporada defendendo a camisa insulana, com a qual soma mais de 100 partidas. O toque refinado e as bolas paradas são as especialidades do jogador de 28 anos.

Promessa: ANDRÉ SILVA - Fruto do bom trabalho que a Lusa vem realizando na base durante os últimos anos, o atacante de 20 anos tem como principal característica a velocidade. Subiu para os profissionais em 2018, quando realizou quatro partidas na Copa Rio, marcou um gol e deu uma assistência. Iniciando a temporada com o elenco profissional, poderá ganhar mais minutos em campo e crescer com a experiência de nomes já conhecidos do ataque insulano.

Treinador: JOÃO CARLOS ÂNGELO - Pela terceira vez, o técnico irá comandar a Lusa em um Campeonato Carioca. Depois de boas campanhas em 2017 e 2018, o profissional de 52 anos retorna à equipe e tem como grande trunfo a manutenção de peças importantes do elenco somadas às novas contratações. Neste novo retorno, já conquistou, na pré-temporada, a Copa Rubro-Verde e está em alta internamente e com a torcida.

Projeção FutRio.net: 2,50 (*****)

image

image

Fundação: 06/06/1909
Melhor campanha: 5º (2012 e 2013)
Posição em 2018: 14º

ELENCO ATUAL
Goleiros: Ranule, Jefferson e Luiz Felipe
Laterais: Filipi Souza, Dieguinho, Jeanderson, Kevyn, Murilo Rusalen e Wallace
Zagueiros: Lucas Tavares, Lucas Maia, Marcelo Costa e Rhayne
Volantes: Anderson Domingues, Vitinho, Joseph, Léo Silva, Juan Martinez e Paulo Victor
Meias: Arthur Faria, Davi Ceará e Marcel
Atacantes: Alexandro, Sabão, Maxwell, Jackson, Maycon, Zambi e Elias Meza

Análise: Reformulou completamente o elenco e colheu frutos já na Seletiva, conseguindo a classificação com campanha invicta em cinco jogos. Peças como o goleiro Ranule, o zagueiro Lucas Maia e o atacante Maxwell demonstraram rápido encaixe na formação desenhada por Edson Souza. O clube tem a opção de inscrever novos jogadores na fase principal, mas o plantel conta com a confiança da diretoria, que não traça a busca no mercado como prioridade.

Destaque: ALEXANDRO - Ainda mais experiente, agora aos 32 anos, retornou ao Gigante do Vale e demonstrou o tamanho de sua importância durante a Seletiva, sempre desempenhando papel tático decisivo no comando ofensivo. Fez inclusive o gol salvador no empate diante do America, por 1 a 1. A identificação com a camisa do clube é outro ingrediente importante. Com as quatro partidas disputadas na fase preliminar, chegou aos 51 jogos vestindo alvinegro.

Fique de olho: MAXWELL - Atacante de velocidade e habilidade que não demorou a se adaptar ao futebol do Rio de Janeiro. Disputou cinco jogos na Seletiva e fez dois gols. As atuações, quase sempre decisivas, pesaram para que o Resende conseguisse sucesso na luta por vaga na fase principal. Tem, agora, a oportunidade de mostrar o bom futebol diante dos principais clubes do estado.

Promessa: PAULO VICTOR - Jogador de 20 anos, versátil no meio de campo, reunindo características que o permitem jogar como volante ou jogador de ligação. Surgiu muito jovem no Gigante do Vale, em 2017. Entrou em campo apenas uma vez no Estadual daquele ano e em seguida foi emprestado ao Grêmio (RS). Retornou após ganhar bagagem e será uma opção valiosa para o técnico Edson Souza na disputa da fase principal.

Treinador: EDSON SOUZA - Em mais uma passagem no Resende, agora aos 54 anos, contou com total apoio e respaldo da diretoria. Participou de toda a montagem do elenco que passou por grande mudança antes da Seletiva. Dentro de campo, correspondeu apresentando um time que passou pela fase preliminar com campanha invicta em cinco partidas. A missão agora é manter o bom desempenho utilizando basicamente o mesmo plantel.

Projeção FutRio.net: 2,20 (*****)

image

image

Fundação: 21/08/1898
Mlehor campanha no Carioca: campeão, 24 vezes (1923, 1924, 1929, 1934, 1936, 1945, 1947, 1949, 1950, 1952, 1956, 1958, 1970, 1977, 1982, 1987, 1988, 1992, 1993, 1994, 1998, 2003, 2015 e 2016)
Posição em 2018:

ELENCO ATUAL
Goleiros: Fernando Miguel, Jordi, Gabriel Félix e João Pedro
Zagueiros: Leandro Castán, Werley, Breno, Henríquez, Ricardo Graça, Luiz Gustavo e Kainandro
Laterais: Yago Pikachu, Raul Cáceres, Cláudio Winck, Rafael França, Danilo Barcelos, Ramon, Henrique, Alan Cardoso e Luan
Volantes: Andrey, Willian Maranhão, Lucas Mineiro, Raul, Fellipe Bastos, Bruno Ritter, Rodrigo Fernandes, Marcelo Mattos e Bruno Silva
Meias: Bruno César, Thiago Galhardo, Yan Sasse, Dudu, Guilherme Costa e Moresche
Atacantes: Maxi López, Ribamar, Marrony, Rildo, Hugo Borges, Caio Monteiro e Vinícius Araújo

Análise: Depois de uma temporada 2018 que começou cercada de expectativa pela disputa da Libertadores e terminou dando calafrios na torcida com a fuga do rebaixamento no Brasileirão apenas na última rodada, o Vasco tem no Carioca a chance de refazer as pazes com a arquibancada e estruturar o elenco para não passar sustos durante o ano. Com dificuldades financeiras, as contratações foram modestas e pontuais, visando as posições carentes do ano anterior. A manutenção da comissão técnica e o surgimento de novos jogadores oriundos da base aparecem como trunfos para o Gigante da Colina.

Destaque: MAXI LÓPEZ - Depois de ser o grande responsável por salvar o Vasco do rebaixamento no ano passado, o atacante pôde realizar a pré-temporada e desta maneira alcançar uma melhor forma física. Além do faro de gols nato, o argentino de 34 anos detém uma forte liderança e dedicação na construção de jogadas.

Fique de olho: YAGO PIKACHU - Artilheiro do Vasco em 2018 com 19 gols, o versátil lateral e ponta-direita de 26 anos irá para a quarta temporada vestindo a camisa do clube. Além de ser um exímio finalizador, possui forte presença de área e facilidade para contribuir com assistências. Faz parte da espinha dorsal do time titular e é um dos homens de confiança do treinador Alberto Valentim.

Promessa: MARRONY - Alto, veloz e ágil. Com apenas 19 anos, Marrony chegou ao profissional com muita expectativa depois de brilhar pelas categorias de base do Vasco. Na reta final do último Brasileirão, serviu de válvula de escape da equipe e marcou um gol em 13 partidas. Pela primeira vez irá iniciar uma temporada no time principal e é candidato a ser mais uma joia lapidada pelo Cruzmaltino.

Treinador: Alberto Valentim - Atual campeão carioca com o rival Botafogo, o técnico de 43 anos terá, mais uma vez, a competição para mostrar o seu valor. Depois de chegar ao Vasco no segundo semestre da temporada passada, conquistou apenas três vitórias em 18 jogos e começa o ano pressionado pela torcida, que já pedia a sua demissão com o fim do Brasileirão. Desta vez, o comandante terá tempo para ajustar a equipe e para isso conta com a manutenção de peças importantes do elenco para conseguir fazer um trabalho satisfatório.

Projeção FutRio.net: 3,50 (*****)

image

image

Fundação: 09/02/1976 
Melhor campanha no Carioca: 2º (2005) 
Posição em 2018: 10º

ELENCO ATUAL
Goleiros: Douglas Borges, Diego Marcelo, Avelino e Vinícius
Zagueiros: Daniel Felipe, Gilberto, Gabriel Pereira, Allan, Heitor e Paulo Vitor 
Laterais: Luís Gustavo, Rossales, Julinho, Luiz Paulo e Elivelton
Volantes: Bruno Barra, Bileu e Mauro Gabriel
Meias: Marcelo, Jorge Luiz, Alysson, Douglas Lima, Gelson e Marques 
Atacantes: Fernandinho, Gabriel Santos, João Carlos, Markinhos, Núbio Flávio, Renan Gorne e Wandinho  

Análise: A temporada passada foi quase um desastre total para o Volta Redonda. A equipe só não disputou a Seletiva deste ano porque o Macaé escalou um jogador de maneira irregular no Campeonato Carioca de 2018, perdendo pontos na Justiça Desportiva. Na Série C do Brasileiro, se livrou do rebaixamento na última rodada. Este ano, o clube planeja fazer diferente e quer brigar na parte de cima da tabela. Parte da espinha dorsal foi mantida, enquanto reforços pouco badalados foram contratados. Caberá ao técnico Toninho Andrade dar liga ao trabalho.

Destaque: MARCELO – Aos 30 anos, o meia, que é volante de origem, foi um dos poucos a se destacar e se livrar das críticas no ano passado. É o grande ponto de equilíbrio do Volta Redonda e o responsável pela criação das jogadas. A identificação com a camisa do clube é outro fator relevante e que amplia a moral do jogador.

Fique de olho: WANDINHO – Atacante de velocidade, já foi um tormento para o Volta Redonda quando jogava no rival Resende. Agora no Esquadrão de Aço, o jogador de 27 anos quer voltar a brilhar na primeira divisão, já que nas duas últimas temporadas defendeu o Serra Macaense, onde teve grandes atuações na Segundona Estadual.

Promessa: MARKINHOS – O Volta Redonda vem fazendo uma campanha histórica na Copa São Paulo de Futebol Júnior. Garantido nas quartas de final da competição, o clube deve aproveitar muitos garotos que vêm se destacando no torneio. Um deles é o atacante Markinhos, de 19 anos. Ele já marcou dois gols na Copinha, ambos decisivos, que garantiram classificações. 

Treinador: TONINHO ANDRADE – Aos 55 anos, retornou ao clube em meio à polêmica eleição do Volta Redonda. Ainda assim, conseguiu blindar bem o elenco e fazer uma boa pré-temporada. Na primeira passagem pelo Voltaço, conseguiu, em 15 jogos, quatro vitórias e cinco empates, além de seis derrotas. Regressa sabendo que precisa apagar a imagem ruim deixada pelo Esquadrão de Aço no ano passado.

Projeção FutRio.net: 1,60 (*****)

Tags: Guia FutRio, Carioca Série A

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por