Em 22/09/2018 às 11h04

Campbell fica na bronca com absolvição do Maricá: "Decisão absurda"

Técnico do Rio São Paulo fez duras críticas à decisão do TJD-RJ


Autor: Redação FutRio / Foto: Gabriel Andrezo (FutRio)

Na última sexta-feira (21), o Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ) absolveu o Maricá, em primeira instância, no caso envolvendo a suposta escalação irregular do atacante Felipe Zuca, na partida diante do Barra Mansa, que ocorreu no dia 26 de agosto. Após a decisão, o técnico do Rio São Paulo, Thiago Campbell, rebateu a decisão dos auditores que votaram pela inocência do clube adversário.

Campbell afirma que a discussão em questão é sobre o campeonato de profissionais da Série B2 do Campeonato Carioca, e não do sub-20. O Maricá montou sua defesa justamente em cima disso, alegando que o atleta estava em condições legais no torneio de juniores. Além disso, alegou que o mesmo só completará 21 anos no mês de novembro. O Regulamento Específico (REC) da Terceirona de adultos permite que os clubes utilizem atletas nascidos de 1998 em adiante, mesmo com contrato de amador. Zuca, por sua vez, nasceu em 1997.

VEJA TAMBÉM:
TJD determina e Série B2 Estadual será paralisada na próxima segunda-feira (24)
Confira, na íntegra, a decisão do TJD-RJ paralisando a Série B2
Maricá é absolvido por suposta escalação irregular do atacante Felipe Zuca na B2

- Se os auditores prestarem atenção no que diz o artigo 44 ("É vedada, nas partidas das competições da categoria de profissionais, a participação de atletas não profissionais com idade inferior a 16 anos ou superior a 20 anos, considerando o ano de nascimento"), eles vão enxergar que no final está sendo considerado o ano do nascimento. Qualquer leigo entende que considerado o ano de nascimento, não interessa mais se o atleta é de 1º de janeiro ou 31 de dezembro. Será que precisa desenhar para alguém entender melhor sobre isso? Acho que não tem o que discutir, mas sim cumprir - reclamou o treinador alvinegro.

Thiago Campbell seguiu em tom crítico ao analisar o trabalho dos auditores do TJD-RJ e garantiu que o Rio São Paulo "tomará medidas posíveis para que haja uma investigação aprofundada quando à absolvição do Maricá". O treinador ainda destacou positivamente a medida tomada pela Procuradoria e acatada pela presidência do Tribunal que paralisará a competição a partir de segunda-feira (24).

- A decisão dos auditores foi tão absurda e sem critério que coloca em cheque toda a lisura da competição. Qual é o motivo de realizarem os arbitrais e criarem regulamentos se ambos não são cumpridos? A Procuradoria tomou uma decisão coerente ao paralisar a competição a partir de segunda. O Rio São Paulo tomará todas as medidas possíveis para que haja uma investigação aprofundada quanto à absolvição do Maricá - concluiu.

Rio São Paulo foi punido na atual temporada

O Alvinegro viveu situação semelhante a do Maricá em 2018. O clube perdeu seis pontos por conta da escalação irregular do zagueiro Thor em uma partida da Série B2. Graças a esta punição, viu o cenário mudar na Terceirona e a luta contra o rebaixamento se transformar em realidade.

Pensando dentro de campo, o Rio São Paulo encara o Araruama na última rodada classificatória da Série B2. A partida acontece no Estádio Jair Toscano, às 15h de domingo (23). Para se livrar do descenso, basta uma vitória simples.

Tags: Campbell, Rio São Paulo, Carioca Série B2

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por