Em 01/09/2018 às 17 h04

Olaria segura empate com o Angra e se salva do rebaixamento à B2

Azulão chegou aos 16 pontos e conseguiu se manter na Segundona para 2019


Autor: Redação FutRio / Foto: Vitor Costa (FutRio)

Com um burocrático empate com o Angra dos Reis, em 1 a 1, o Olaria se salvou do rebaixamento à Série B2 do Campeonato Carioca neste sábado (1), jogando em Austin, pela última rodada da Taça Corcovado. Atuando em Nova Iguaçu por conta de uma perda de mando de campo, o clube da Leopoldina chegou aos 16 pontos e se garantiu matematicamente na Segundona do ano que vem, rebaixando Santa Cruz e Barcelona. Kaká fez o gol olariense e DG, o angrense.

O Olaria já começava o jogo sabendo que um empate lhe garantiria na Série B1 para o ano que vem. Mas nem por isso quis ganhar tempo. Pelo contrário, já foi atacando logo de início. Aos quatro minutos, Raí recebeu bola em profundidade e só não finalizou porque o goleiro Léo cortou de carrinho e evitou o gol. O goleiro voltou a trabalhar pouco depois, fazendo elástica defesa em chute de Leandro Chaves.

O veterano meia olariense seguiu sendo destaque e voltou a ter uma oportunidade ao receber bola na área e bater de direita, mas para fora. O gol acabou saindo aos 19 minutos: Alan Nascimento perdeu bola para Leandro Chaves, que só tocou para Kaká, dentro da área, escorar e fazer 1 a 0 para o Olaria. A única chance contundente do Angra saiu quando Tatuí tocou para Beto, que bateu para fora.

Na segunda etapa, o jogo caiu bastante em emoção e qualidade técnica. O Olaria passou a se resguardar, ciente de que os resultados dos jogos do Barcelona e do Santa Cruz não ofereciam perigo. O Angra aproveitou para crescer no jogo. Aos dez minutos, Alan Nascimento recebeu bonito passe de Joílson e bateu no canto, para bela defesa de Gabriel; a bola ainda foi na trave.

Logo depois do tempo técnico, a emoção ficou por conta do Angra, que empatou através de DG, jogador que tinha acabado de entrar: 1 a 1. Como o Tigres empatava com o Barcelona ao mesmo tempo, chegou a haver alguma incerteza sobre a situação do Olaria, que poderia ter que jogar o Grupo X caso levasse a virada e o Barcinha ganhasse seu jogo. O goleiro Gabriel ainda se machucou, dando lugar a um estreante Isaac, de apenas 18 anos. Apesar da responsabilidade, o jovem camisa 12 sequer trabalhou nos minutos em que ficou em campo.

A partir dos últimos 15 minutos de partida, o Angra diminuiu o ritmo, o jogo tornou a se tornar modorrento e os últimos minutos foram de relativa tranquilidade para os olarienses, que tinham o resultado nas mãos e comemoraram, no apito final, a permanência na Segundona.


A partida
Olaria 1x1 Angra dos Reis - Taça Corcovado, 10ª rodada - 1/9/2018 às 15h

Estádio Nivaldo Pereira (Nova Iguaçu - RJ)
Árbitro: Diego Henriques Gandara
Assistentes: Andréa Izaura Maffra Marcelino de Sá e Fabiana Nóbrega Pitta

Olaria: Gabriel (Isaac 27'/2ºT); Leandrão, Rodrigo Souto e William; Jefinho, Anthony, Lapaz, Leandro Chaves (Eberson - intervalo) e Sorín; Kaká (Rhay 14'/2ºT) e Raí. Técnico: Ademir Fonseca.

Angra dos Reis: Léo; Arthur, Thiagão, Uirá e Jackson (DG 14'/2ºT); Alan Nascimento, Alexandre Carioca (Batata - intervalo), Joílson e Chiquinho (André 14'/2ºT); Tatuí e Beto. Técnico: Leandro Silva.

Cartões amarelos: não houve

Gols: Kaká, 19'/1ºT (1-0); DG, 21'/2ºT (1-1)

Renda e público: não disponíveis

Tags: Olaria

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por