Em 24/08/2018 às 17h16

Ilmar de Almeida elogia CAAC Brasil e critica árbitro: "Apitou muito"

Comandante de jovem time lamentou bastante os erros do árbitro


Autor: Jhonathan Jeferson / Foto: Jhonathan Jeferson (FutRio)

O CAAC Brasil enfrentou o Canto do Rio, no Alzirão e acabou derrotado por 1 a 0, gol de Thiago Trindade. Resultado esse que eliminou a equipe de Anchieta da competição, ainda faltando duas rodadas para o final.

Após a partida, o técnico Ilmar de Almeida elogiou a sua equipe, afirmando que vem em uma crescente, mas que pela juventude do grupo, precisa ter um pouco mais de malandragem. Além dos elogios, o comandante do CAAC detonou a arbitragem comandanda pelo árbitro Leandro Newley Ferreira Bolota.

- A gente vem crescendo a cada partida. Desde a primeira que nós fizemos, nós demos trabalho, dentro e fora de casa. Falta no meu time um poquinho de experiência, malandragem. São poucos acima da idade. O trabalho em campo, eles fizeram, o problema é que a gente não luta só com o campo. A arbitragem deu pênalti que não foi. Apitou muito, não ao meu favor, mas deixou de apitar o que deveria apitar corretamente. Eu falei para o árbitro que se ele quisesse relatar o meu nome pela explosão de uma parte da comissão. Como eu estou a frente, chamo para mim toda a responsabilidade, independentemente de que não fui eu. Fui bem sincero que nós treinadores que levamos fama, o jogador leva fama e o árbitro também. Eu não gostaria de estar falando isso, acho que não teria necessidade de um espetáculo desse, um jogo. Os dois times jogam e deixam jogar. Infelizmente falta sinceridade ao ser-humano. O quarto árbitro, do lado de fora, falou para mim que o amigo dele errou no pênalti e em outras coisas. Eu disse para ele que o senhor está concordando com o que estamos cobrando. Certamente se calou, eu acho que a gente não deve se calar. Eu agradeço a oportunidade para eu poder desabafar. Meu time tem qualidade, mas não pode ser prejudicado da forma como foi.

Eliminado, Ilmar garante que sua equipe não vai jogar a toalha e que entrará em campo contra o Cardoso Moreira, para desempenhar seu melhor futebol.

- Vamos sair de cabeça erguida. Não é porque a gente não vai chegar que jogamos toalha. Vamos jogar contra o Cardoso Moreira no domingo e vamos para cima. Buscar a vitória. Cada jogo é uma experiência, tanto para mim, quanto para eles. Então vamos aprendendo. Contra o Canto do Rio vimos que temos que nos preocupar mais um pouquinho com o nosso trabalho e deixar a arbitragem de lado. Temos que jogar contra dois adversários, um é o time e o outro a arbitragem. Em todos os jogos da nossa chave, acredito eu, que o trabalho de bola em campo, peço perdão as outras equipes e treinadores, mas o meu time mostrou mais qualidade em termos de trabalho com bola, sobre o que fazer com a bola. O Campo Grande foi feliz que ganhou nove pontos sem atuar. O Canto do Rio vem lutado. Empataram entre eles e conseguiram uma vitória sobre o meu time que é um time jovem. 

Tags: CAAC Brasil

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por