Em 27/07/2018 às 21 h42

João Santos exalta grandeza do Campusca e espera jogo duro no domingo

Técnico acredita que, mesmo com alguns lesionados, time chegará bem à estreia


Autor: Gabriel Andrezo / Foto: Gabriel Andrezo (FutRio)

Será com um nome para lá de conhecido do torcedor campograndense que o Galo da Zona Oeste vai dar seu pontapé inicial da Série C do Campeonato Carioca, neste domingo (29). O técnico João Santos, que já passou pelo clube como jogador, comandará o time que estará em campo na Quartona e que fará seu jogo de estreia contra o Canto do Rio. Um jogo que vai gerando cada vez mais ansiedade de ambas partes. E do lado alvinegro, não podia ser diferente.

Nesta sexta, o time realizou o último coletivo apronto antes do jogo, vencido pelos titulares por 2 a 1. O sábado servirá para uma atividade recreativa, sempre no Ítalo del Cima. Se o clima é bom antes da partida, João Santos analisa o que espera para este primeiro ato na Quartona e espera que o Campo Grande prove sua grandeza e tradição na competição, mostrando confiança também na condição física de seus atletas, alguns dos quais ainda não estão 100%.

– A cada dia, estamos numa crescente, apesar das lesões de alguns atletas, que são normais. Creio que, no domingo, estaremos todos prontos para o jogo. No decorrer do campeonato, acredito que iremos mostrar nossa força. O Campo Grande é um clube grande, na verdade. Foi onde iniciei jogando e agora tenho a chance de treinar, já conhecendo bem essas divisões. Independente de tática e de técnica, o grupo está unido e isso é fundamental – afirmou o técnico, destacando também as dificuldades do campeonato como um todo:

– A gente vem trabalhando para chegar lá em cima, ser campeão. É claro que a dificuldade é grande, muita gente pode pensar que a Série C é fácil, mas não é. Tem times se preparando muito bem. O Canto do Rio é um deles e penso até que são favoritos para o jogo porque estarão jogando em casa. Iremos com o pé no chão, trabalhando.

João tem história dentro do Campo Grande, onde jogou entre 1988 e 1992. Rodou por vários clubes como jogador e técnico, tendo passado pelo Juventus na temporada passada. Agora, volta ao clube em que foi criado e espera corresponder às melhores expectativas na altura em que realiza o sonho de ser treinador do time em que começou sua história no futebol.

– Eu sempre sonhei em trabalhar aqui, a verdade é essa. Não pensei que fosse agora, mas sempre pensei em vir aqui para treinar. Fui convidado e nada melhor que aceitar o desafio. Comecei aqui com 12, 13 anos, cheguei no profissional com 18. Pude ver de perto craques como Brás, Pingo... Depois de jogar ao lado de Elói, Roberto Dinamite, Paulo César Gusmão, que fizeram história aqui. É bom começar esse trabalho do zero junto aos companheiros – concluiu.

O Campusca enfrenta o Canto do Rio neste domingo, às 11h, no Estádio Alziro de Almeida, em Itaboraí. A Rádio FutRio transmite ao vivo.

Tags: Campo Grande

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por