Em 23/06/2017 às 09 h53

Hat-trick de Guerrero foi o primeiro pelo Flamengo e o quinto de sua carreira

Atacante já havia alcançado o feito no Hamburgo, Corinthians e seleção do Peru


Autor: Renan Mafra / Foto: Gilvan de Souza (CRF)

O Flamengo passou por cima da Chapecoense (SC) na noite desta quinta-feira (22), no Luso Brasileiro, conseguindo uma sonora goleada por 5 a 1. O grande destaque rubro-negro foi o atacante Guerrero, que marcou três gols. Além disso, o peruano alcançou o seu quinto hat-trick (quando o jogador faz três gols em um jogo), em sua carreira.
 
A primeira vez que Guerrero marcou três gols foi no dia 17 de maio de 2008, quando defendia o Hamburgo (ALE), contra o Karlsruher, na última rodada do Campeonato Alemão: sua equipe venceu por 7 a 0. O segundo foi em 1º de abril de 2015, contra o Danúbio (URU), pelo Corinthians, na quarta rodada da fase de grupos da Libertadores. O Timão goleou por 4 a 0.

Outros dois foram com a seleção do Peru. Em 2011, na Copa América, marcou três sobre a Venezuela, no triunfo por 4 a 1, na decisão do terceiro lugar. Quatro anos depois, nas quartas-de-final da mesma Copa América, fez mais três quando o Peru derrotou a Bolívia por 3 a 1.
 
– São meus primeiros três gols no Brasileiro. A viagem com o Peru me atrapalhou um pouco contra o Fluminense, estava cansado. Me preparei forte na terça-feira, fiz meu trabalho especial e me senti bem, com força e rápido. Espero seguir assim. Às vezes, a sequência de jogos atrapalha mas tenho que fazer esforço para contribuir – afirmou o atacante.
 
Quem também brilhou na noite desta quinta-feira foi Diego. O meia fez dois gols e deu uma assistência para um dos gols de Guerrero. Mesmo com sua grande atuação, o camisa 35 preferiu enaltecer o peruano.
 
– O Guerrero consegue ser importante mesmo quando não faz gol. Eu, particularmente, admiro muito a forma que ele joga, o sacrifício, a entrega, o controle da vaidade. Sempre procura ajudar a equipe, os companheiros. Merecidamente, fez três gols. E tomara que faça muito mais porque é um jogador fundamental para o nosso time – elogiou o jogador, que foi acompanhado pelo técnico Zé Ricardo:
 
– O Guerrero é um jogador especial. Tem muita técnica, é inteligente. A intenção de colocar o Willian Arão no jogo era de que tivesse alguém com a característica de ficar próximo dele.
 
O Flamengo volta a campo no domingo, quando vai encarar o Bahia, às 18h30, na Fonte Nova.

Tags: Flamengo

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por